Pequenos negócios paranaenses são reconhecidos por excelência em gestão, no Prêmio MPE Brasil

Cerimônia realizada no Sebrae/PR, em Curitiba, reuniu empresas vencedoras da etapa estadual; investimento em melhoria de processos se reflete diretamente no resultado do negócio, atestam empresários premiados

 

Os oito negócios paranaenses vencedores do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas – MPE Brasil Ciclo 2016 – Etapa Paraná, foram reconhecidos na manhã do dia 20 de fevereiro, em cerimônia no Sebrae/PR, em Curitiba. Ao longo do último ano, as empresas investiram em melhorias de processos e, com o prêmio, recebem a chancela de que excelência em gestão, inovação e produtividade ambientam sua estratégia de mercado. Membros de entidades que integram o Conselho Deliberativo do Sebrae/PR, acompanharam a premiação.

As vencedoras da etapa estadual neste ano são: Washington do Brasil, de Arapongas, na categoria Comércio; Forward Química do Brasil, de Ponta Grossa, e Metal Solution, de Londrina, na categoria Indústria; Bulek Contabilidade, de Ponta Grossa, e ITAC, de Curitiba, na categoria Serviços; Labore Saúde Ocupacional, de Maringá, na categoria Serviços de Saúde; SWA Sistemas Acadêmicos, de Medianeira, na categoria Serviços em Tecnologia da Informação; e Dom Sollievo Hotel, de Telêmaco Borba, na categoria Serviços de Turismo.

No Paraná, o MPE foi implantado em 2004, sob coordenação do Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP), com apoio do Sebrae/PR. Para o diretor-presidente do IBQP, Sandro Nelson Vieira, o grande destaque do Prêmio é a metodologia do Modelo de Excelência em Gestão (MEG), da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). “É a melhor metodologia existente no Brasil e um dos melhores benchmarkings no mundo”, avalia. “O fato de ter um prêmio específico para micro e pequenas empresas possibilita que elas vão amadurecendo e identificando pontos em que podem ampliar suas réguas de qualidade e competitividade. O modelo traz uma série de elementos que apontam lacunas que entendemos como áreas de oportunidade de melhoria para o negócio”, completa Vieira.

A busca pela excelência em gestão com base MEG, metodologia incorporada pelo Sebrae em sua estratégia, foi decisiva para as empresas vencedoras se destacarem no mercado, mesmo em um ano de crise econômica. O superintendente do Sebrae/PR, Vitor Roberto Tioqueta, destaca que as empresas finalistas e vencedoras agregam uma gestão moderna e avançada, o que as torna mais competitivas no seu mercado.

“As empresas que participam do Prêmio e aplicam os critérios da FNQ, passam a ser mais inovadoras e competitivas. Elas ampliam sua capacidade de gestão, enfrentam melhor um período de crise e seguem um projeto de crescimento. O resultado final é o reconhecimento do mercado, porque encontra nelas produtos e serviços com diferenciais”, completa Tioqueta.

O Prêmio

Para participar do Prêmio, basta se enquadrar como micro ou pequena empresa – com faturamento anual máximo de R$ 3,6 milhões – e manifestar interesse na disputa. Nesta edição, foram 1,9 mil inscritos, dos quais 1.420 responderam um questionário pelo site. No total, 177 empresas alcançaram mais de 70 pontos no MEG e 42 entregaram a documentação obrigatória. Destas, 16 foram classificadas para a fase final. A vitória na etapa estadual não carimba o passaporte para a grande final, em Brasília. A partir de agora, as vencedoras em cada estado entram em um novo processo de avaliação, em vista da premiação nacional, prevista para outubro deste ano.

Deixe uma resposta

Rua Reginaldo Guedes Nocêra, 250 - Centro
CEP: 84.261-020 - Telêmaco - PR
+55 (42) 3271-2500
[email protected]
Criação de Sites para Empresas